Gabriel, o Dependente Quimico

Bom, como disse no conto anterior, pretendo aos poucos ir relatando minhas experiencias sexuais reais, nada de historias.

Lembrando, sou moreno claro, olhos e cabelos castanho claro, corpo gostoso, me considero bonitão… bunda gostosa tbm.

Vamos ao conto…

– Sou gerente de uma clinica de dependentes quimicos a cerca de 2 anos, em setembro deste ano, internou-se Gabriel, um belo rapaz com um corpo maravilhoso,18 anos e um olhar encantador, porém, todo maltratado por conta de sua dependencia.

– Passado-se 1 mes de sua internação,como de costume, ao chegar pela manhã para mais um dia de trabalho, entro para verificar se tudo está nos devidos lugares em toda a clinica, isso inclui verificar quarto por quarto e banheiro por banheiro. (50 quarto).

– Ao entrar no quarto 16, me deparei com Gabriel se levantando da cama e esticando seu corpo fazendo cara de quem estava com uma puta preguiça. Só de cueca, percebi um grande volume nela a cada esticada no corpo, como todo e bom hetero, deu aquela pegada no pau por cima da cueca como se estivesse afim de mostrar que estava duro ou oferecendo.

GABRIEL: Isso são horas de fazer seu Chek-List?

EU: Pow Gabriel, preciso trabalhar… isso são horas de estar dormindo, vc tem terapia ja ja e em seguida academia.

GABRIEL: Porra nem fale, to ficando cansado desta vida aqui dentro, tem 15 dias que não vejo ninguem da minha familia, sinto uma puta falta da minha namorada, principalmente agora pela manha.

EU: ah, mas logo logo vc fica bom e retorna para sua vida normal…

Fui até o banheiro, chequei todos os itens e quando viro de volta para o quarto, vejo Gabriel, nú, deitado na cama e com o pau duro. e que pau, muito grande, grosso e todo reto

EU: o que é isso Gabriel, poderia esperar ao menos eu sair para fazer suas putarias.

GABRIEL: To falando que sinto muita falta da minha namorada todas as manhãs.

EU: imagino, o tesão quando bate na gente não tem hora nem lugar né, e quando estamos acompanhado é melhor ainda.

GABRIEL: Sou louco por putaria cara, adoro trepar, seja de manhã, tarde e noite… mas pela manhã assim, adoro fuder o cuzinho da minha mina.

EU: é, fuder um cuzinho é sempre bom…

– Não conseguia tirar os olhos daquela pica, daquele saco, logo ja me veio uma vontade enorme de cair de boca e chupar tudo,até seu saco

GABRIEL: que foi que tanto olha pro meu cacete, até parece que ta gostando do que vê.

EU: é você realmente tem uma pica bonita, deve fazer sucesso com a mulherada.

GABRIEL: Faço sim, realmente elas elogiam muito meu pau, dizem que é macio e gostoso… você quer ver se é macio.

Neste momento, foi dificil manter minha ética diante daquele corpão do caralho, daquela pica deliciosa e fui pra cima…

Peguei, dei uma apertada de leve e senti um gemido gostoso saindo daquela boca e uma pequena gota de baba saindo daquela vara…

GABRIEL: Chupa?

– Não pensei duas vezes, me ajoelhei e cai de boca tentando engolir ao maximo, descia até seu saco e chupava cada ovo, sentindo aquele cheiro gostoso de pau amanhecido… aquela pica babava de tesão e seu gemido estava ficando cada vez mais intenso, entre alguns gemidos, escutava… Que delicia de boca cara, como vc chupa gostoso… sabe mesmo fazer uma gulosa… minha pica ta babando muito pra vc…

– Me levantei e fui até a porta dar uma olhada se não teria o risco de vir alguem. na volta, tranquei a porta com chave, pois, sou o unico na clinica que tem a chave de todas as portas.

Voltei ao meu posto e continuei mamando aquele pau, me deliciava com cada gota de baba que saia.

Fui subindo delicadamente por seu umbigo, sua barriga, seus mamilos, senti um cheiro gostoso vindo de sua axila, seu pescoço… que cheiro bom ele tem… sentia seu corpo tremer de tesão a cada lambida mais forte…

gabriel: Nossa cara, que tesão do caralho, vc vai me deixar louco assim.

Eu: fica quietinho, você vai gozar como nunca gozou na sua vida..

– Nossos corpos foram se encontrando cada vez mais, e sinto uma de suas mão aproximar minha boca junto a dele em um beijo melado, sua lingua percorria minha boca como se fosse querer parar na minha garganta e sua outra mão, invadindo minha calça a procura do meu cuzinho, da minha bunda… sentia seu dedo indicador alisar cada prega do meu cuzinho, sua mão apertava com força minha bunda…

GABRIEL: Que rabo gostoso, que bunda gulosa, esse cuzinho ta doido pra engolir meu pau…

EU: Vem aqui, arranca minha roupa, e seja rapido para ninguem pegar a gente…

– Em poucos segundo, estavamos completamente pelados, nossos corpos encontrando-se numa esfregação deliciosa…

Hummm… Ai… que delicia de cu, guloso… quente, apertadinho… vou estourar ele muito bem… quero ver vc sentando de lado o dia todo com o cuzinho esfolado… sim, Gabriel estava com o dedo socado no meu cuzinho, entrando e saindo…

EU: então vem, soca gostoso que esse cuzinho ta implorando sua rola…

– Gabriel se posiciona atras de mim e começa a roçar aquela pica em mim, sinto deslizar muito gostoso, a baba que saia ajudava muito na penetração…

Me colocou de 4 na cama, encostou só a cabecinha e forçou a entrada… travei meu cuzinho porque sua pica era grossa…

GABRIEL: não trava o cuzinho não, vou arrombar ele de qualquer maneira

EU: Vá com calma, essa pica vai me estourar todo…

– Gabriel não responde nada, se abaixa, enfia aquela cara linda no meu rabo e começa a chupar meu cuzinho, sua barba por fazer me deixava com mais tesão, aquela lingua no meu cuzinho me deixava cada vez mais louco… ele força sua lingua e sinto ela entrar com facilidade no meu cuzinho, ele percebe que dou uma travada de tesão e começa a socar a lingua, era um entra e sai gostoso, sua lingua parecia ter algo de outro mundo…

GABRIEL: Ta gostando?

EU: adorando… chupa mais que sei que vc ta gostando tbm…

GABRIEL: sempre notei sua bunda quando vc passava por mim, morria de vontade de fazer isso mas tinha medo de chegar junto…

EU: cala a boca, chupa meu rabo safado, temos que ser rapido para ninguem sentir nossa falta…

– Gabriel enfia sua cara novamente em meu rabo, chupava… gemia…

aquilo estava me deixando com um tesão que nunca tinha sentido antes…

Ele se levanta, posiciona mais uma vez seu pau no meu cuzinho e força a entrada, desta vez deslizou gostoso, entrou toda, sentia suas bolas irem de encontro as minhas, aquela posição, de 4, estava nos deixando cada vez mais fogosos… gabriel soca sem dó, enfiava e tirava… e assim ficamos por uns 20 minutos, a cada saida, sentia meu cu dilatado…

Ele dá mais uma cuspida, chupa mais uma vez e soca tudo com força… sinto seus movimentos aumentarem, gemendo com mais frequencia…

Gabriel: Hummm…. caralho… que tesão… que cu gostoso… nem acredito que to fudendo esse cuzinho… apertadinho… ai… acho que vou gozar filho da puta…

Eu: Goza então vai, me enche de porra, soca ele todo e goza gostoso…

Ouço Gabriel uivando montado em cima do meu rabo, sinto sua porra quente e farta invadindo meu cuzinho, 4 jatos de porra consegui sentir, os demais foram vindo aos poucos….

caimos os dois na cama e ele ainda com seu pau socado no meu cu diz: Que foda maravilhosa cara, não sabia que comer cuzinho de homem fosse tão gostoso assim… to gamado no seu rabo…

quando lembramos onde estavamos, nos levantamos, eu me arrumei e voltei pra minha sala, ele tomou banho e foi para a terapia em grupo. Depois deste dia, todas as vezes que entro em seu quarto, ele vem pra cima querendo passar a mão em meu rabo, deixei algumas vezes, mas em seguida cortei com receio de ser pego por alguem.

Algum tempo depois, Gabriel recebeu alta médica, teve uma melhora significante… com cerca de mais ou menos 2 meses de sua alta, ele retornou na clinica para nos visitar, veio até minha sala e conversamos muito, ele comentou sobre nossa foda e disse que não consegue tirar meu cuzinho da memoria.

Pediu para eu deixar ele chupar de novo, alí mesmo, na minha sala, tranquei a porta, ele arrancou minhas calças e se masturbou apenas chupando meu cuzinho…

depois deste dia não nos vimos mais

Apesar de sua dependencia em maconha, o melhor de tudo, foi que antes de me envolver com ele, vi todos os seus exames, assim como faço com todos os pacientes, e não me oferecia risco algum, dei com gosto para ele sem camisinha, coisa que dificilmente faço!!!

valeu galera, essa foi mais uma de minhas experiencias…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s