sai com um famoso

Começo meu relato de pau duro. A vontade de estar naquele local novamente é imensa. Separado recentemente e curtindo uma fossa absurda, fui ao cinema continuar com coisas rotineiras. Fui a um shopping famoso de Sao Paulo e muito bem frequentado (escolha perfeita). Tenho 1,75m, com 76 kg, fora dos padrões de músculos e roupas justas, barriguinha, pernas grossas, lábios bons e tenho algo que impressiona: um pau grosso. Gosto do meu pau. Gosto de pegar nele, apreciar a cabeça, sentir a “baba “quando excitado. É quase narcisismo, mas sei que estou falando. Entrei no cinema, sessão das 21h, sala com no maximo 50 pessoas e ele entra. Nossa!!!! Que cara gostoso!! Ele é famoso. O filme seguiu e eu não consegui parar de olhar para ele (que estava sentado atrás). De repente ele olhou indiferente. Fiquei sem graça… Mas olhei de novo. Ele estava com a mão dentro da calça, arrumando ou coçando o pau. Meu pau latejou na hora. E assim ficou o filme todo. Quando acabou, antes de me levantar, tinha que arrumar a tora que estava de lado, babando de tesão. Quando estava com a mão cheia, as luzes foram se acendendo e peguei ele olhando. Meu pau não amolecia. Fiquei mais um pouco na sala e apreciei seu corpo descendo as escadas. Nem sei se estava com alguém. Ele se foi. Levantei e fui ao banheiro. PUTZ!!! De cara com ele saindo. Saiu e eu fui mijar. O pau duro incomodava um pouco, mas tentei… A porta se abre novamente e tento esconder a tora que estava ali, exposta. Sinto alguém de olho, se esforçando para ver algo. Olhei… era ele novamente. Meu pau amoleceu na hora de susto. Sai do mictório e ele olhou sem entender. Ficou aquele joguinho… Meu pau latejava novamente e não resisti. Saquei meu pau e ele veio. Ate estava disposto a pegar no pau dele e tudo (sou ativo) mas não foi preciso. Ele segurava com força e me falava: que rola gostosa. Cara, eu agarrei ele com força e fiquei me esfregando, esfregando meu pau e sentindo um perfume maravilhoso. Que homem, que corpo… Sgurei na bunda dele e comecei a esfregar mais forte (rezando para que ninguém entrasse naquele momento). A bunda tava suada, pelos raros e me deixou louco. Enfiei o dedo e ele deixou. Não resisti e fui com minha boca… ele gemia. Língua passando nas polpas, coxas e reguinho!!! Ele gemia baixinho e segurava minha cabeça como quisesse algo mais. E queria, queria minha língua… e ela foi. Um cu gostoso, cheiroso e latente. Quando ele ficou de quatro eu ameacei gozar. Ele me levantou e caiu de boca no meu pau… lambia de cimna para baixo, nas laterais e ficou um bom tempo no saco (que é grande). Estava louco pra fuder esse cara. A imagem dele nas novelas me deixava mais louco. Garanhão nelas e ali meu macho.. Segurei a cabeça dele com força no pus meu pau e soquei. Enfiei dois dedos no seu rabo e naquele momento queria fuder. Lembrei da camisinha na carteira. Tirei e ele não falou nada. Entramos no reservado e foi sem dó… ele gritou em um momento, mas não me importei… soquei e beijei sua boca… ele se masturbava… foram seis, sete bombadas e saiu muita porra. Tirei daquele cu delicioso e ele não estava satisfeito.Tirou a camisinha e caiu de boca com força e se masturbando… gozou nas minhas pernas um jato quente e forte. Sorrimos. Ele se levantou e me beijou e me apertou com força. Pau duro ainda… Comecei a socar novamente. Ele pediu para parar. Não dava mais tempo… Pena. Quando vejo ele na midia corro e bato várias… Saudades.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s